Acessibilidade
Notícia
ISEL/FIT vê aprovado Projeto Mobilizador FERROVIA 4.0 de 10M€

ISEL/FIT vê aprovado Projeto Mobilizador FERROVIA 4.0 de 10M€

Notícia escrita em 28/07/2020

 

A equipa de docentes do ISEL/FIT recebeu a notificação da aprovação do projeto de I&D mobilizador FERROVIA 4.0, em cuja proposta trabalhou ativamente durante 2019. Este projeto considera um investimento global superior a 10 milhões de euros, e enquadra-se no programa P2020 dedicado a clusters de competitividade. O FERROVIA 4.0 desenvolver-se-á durante 3 anos e pretende endereçar os desafios tecnológicos e de mercado que se têm colocado ao setor ferroviário de forma global, dinamizando uma ação coletiva mobilizadora em torno de um conjunto alargado de empresas e entidades do Sistema de I&I que integram a Plataforma Ferroviária Portuguesa (PFP), Cluster da Ferrovia, na realização de atividades inovadoras de investigação industrial que potenciem o desenvolvimento experimental e a demonstração de novas soluções suscetíveis de promover maior capacidade operacional, sustentabilidade e competitividade a sistemas ferroviários. 

O projeto tem como objetivo desenvolver diferentes componentes, ferramentas e sistemas, a serem testados em material circulante e infraestruturas reais, que estejam orientados para a sustentabilidade económica e ecológica do sistema ferroviário, para a redução de custos operacionais e de manutenção, para sistemas de informação fiáveis de apoio à tomada de decisão na gestão de ativos e para a criação de sistemas de segurança capazes de monitorizar a infraestrutura e desencadear alertas e medidas de proteção/intervenção. É também ambição do projeto garantir que são incorporadas tecnologias e metodologias de cibersegurança na estrutura de tecnologias de informação e comunicação do sistema ferroviário, por forma a evitar intrusões indesejada.  

O ISEL integra a PFP desde 2015, na sequência de um extenso trabalho na área das comunicações ferroviárias e uma estreita ligação a empresas deste sector. Ao ISEL caberá a responsabilidade no desenvolvimento de componentes fundamentais para o aumento de segurança e eficiência do transporte ferroviário, tais como sistemas avançados de comunicações multi-tecnologia e redes IoT para a sensorização do material circulante e via, bem como o componente de cibersegurança e processamento de dados em larga escala. Neste projeto participam todos os membros ISEL/FIT: António Serrador, Carlos Mendes, José Simão, Matilde Pato, Nuno Cota, Nuno Cruz e Nuno Datia bem como o docente José Sobral da ADEM.