Acessibilidade

Engenharia Informática, Redes e Telecomunicações

Engenharia Informática, Redes e Telecomunicações

O curso de Licenciatura em Engenharia Informática, Redes e Telecomunicações (LEIRT) é uma nova licenciatura do ISEL, motivada pelas necessidades crescentes de profissionais nas áreas de convergência entre a informática, as redes de computadores e as telecomunicações fixas e móveis.

A LEIRT fornece conhecimentos e competências que permitirão o desenvolvimento de projetos nas áreas dos sistemas computacionais em nuvem, aplicações online, redes celulares, redes de dados, Internet das Coisas, entre outras.

Este curso prepara engenheiros para construir o futuro! 

Objetivos gerais definidos para o ciclo de estudos

A convergência entre a informática, as redes de computadores e as telecomunicações fixas e móveis, traduzida, por exemplo, nas plataformas computacionais em nuvem, abriu novas necessidades do mercado, não satisfeitas por cursos clássicos de informática ou de telecomunicações.

A LEIRT pretende formar profissionais de engenharia capazes de responder aos desafios colocados pelo mercado de trabalho nas áreas da informática aplicada às redes e telecomunicações, do desenvolvimento de aplicações ao projeto, instalação e gestão de infraestruturas e serviços.

São objetivos do ciclo de estudos:

  • Conferir sólida formação de base em matemática relevante na área.
  • Fornecer sólida formação de base nas diversas áreas formativas do ciclo de estudos.
  • Conferir experiência prática, através de trabalho de laboratório nas UC das diversas áreas formativas e desenvolver capacidade de projeto.
  • Desenvolver competências de trabalho escolar crítico e independente.
  • A convergência entre as áreas da informática, das redes e das telecomunicações, traduzida, por exemplo, nas plataformas computacionais em nuvem, abriu novas necessidades do mercado, não satisfeitas por cursos clássicos de informática ou de telecomunicações.
Objetivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências) a desenvolver pelos estudantes

Consideram-se como principais objetivos de aprendizagem: 

  • Adquirir os conhecimentos de matemáticos necessários à engenharia informática aplicada às redes e às telecomunicações.
  • Compreender conceitos fundamentais de informática, incluindo hardware e organização de computadores, linguagens e paradigmas da programação, algoritmos e estruturas de dados, sistemas operativos e sistemas de informação, das telecomunicações e das redes de computadores. 
  • Obter competências teórico-práticas para analisar, projetar, desenvolver, testar e manter sistemas informáticos e de telecomunicações, selecionando as ferramentas e técnicas adequadas.
  • Desenvolver sistemas rádio definidos por software.
  • Compreender e utilizar os modelos de programação em nuvem e as infraestruturas de software que suportam a alocação dinâmica de recursos e o processamento de dados em larga escala.
  • Trabalhar em equipa e de modo autónomo, elaborando documentação técnica, gerindo recursos e cumprindo prazos.
Inserção do ciclo de estudos na estratégia institucional de oferta formativa face à missão da instituição

Possuindo uma oferta de cursos de engenharia representados por licenciaturas consolidadas nas áreas de Informática geral e Computadores (LEIC), Informática com pendor para a multimédia (LEIM) e na Eletrónica e Telecomunicações e Computadores (LEETC), verifica-se a necessidade de, num curso de licenciatura com a duração de 3 anos, reforçar temas na área das Telecomunicações e, simultaneamente, aumentar os conhecimentos em Informática e Redes associadas às telecomunicações. A razão prende-se com a elevada necessidade do mercado em profissionais aptos para lidarem com as novas tecnologias associadas às telecomunicações, tecnologias estas cada vez mais dependentes de software específico.

O curso da LEIRT é baseado na experiência de décadas de lecionação nas áreas científicas do curso, numa permanente relação com a indústria e com os serviços. Pretende preparar os alunos para a vida profissional ao fim de 3 anos de curso (6 semestres) e para continuarem a sua especialização em cursos de mestrado, quer no ISEL, quer em outras instituições de ensino superior.

Projetos


Muitos dos projetos desenvolvidos tiveram impacto real e direto na economia das empresas e no desenvolvimento efetivo do seu negócio. De entre os resultados mais significativos e diretamente mensuráveis, salienta-se a existência de 3 patentes envolvendo docentes da área: duas nacionais e uma europeia; a incubação de várias empresas na sua maioria constituídas por ex-alunos dos cursos, a criação da Associação ITS-Portugal, Comissão Técnica – Ecossistemas de Transporte, e a participação na comissão de acompanhamento ITED-ITUR (ANACOM) e nas comissões técnicas CTE 209 – “Redes de cabo para sinais de televisão, sinais de som e serviços interativos” e CTE 215 – “Aspectos electrotécnicos de equipamento de telecomunicações”. Desenvolvimento de aplicações de software com aplicação direta nos processos de planeamento de redes de telecomunicações ferroviárias. Para o governo dos Açores também foram fornecidos serviços de consultoria como o objetivo de otimizar os seus sistemas TIC.
Através dos grupos de investigação e desenvolvimento (I&D) da Área Departamental de Engenharia de Eletrónica e Telecomunicações e de Computadores (ADEETC) nos seus grupos e em centros do ISEL, os docentes desenvolvem atividade de I&D em colaboração com outras instituições e empresas.

Centro(s) de Investigação, na área do ciclo de estudos, em que os docentes desenvolvem a sua atividade científica

Centro de Investigação

Classificação FCT

IES

CAPS

Good

IST-UTL

CENTRIA

Good

FCT-UNL

Centro Algoritmi

Very Good

UM

CIEQB

Good

ISEL-IPL

CITI

Good

FCT-UNL

CTS–UNINOVA

Very Good

FCT-UNL

IDMEC

Excellent

IST-UTL

INESC-ID

Very Good

 

ISR

Excellent

IST-UTL

IT

Excellent

IST-UTL

LabMAg

UL, Good

UL

LASIGE

Very Good

UL