Passar para o conteúdo principal
Ecossistema

RESTLESS

RESTLESS

Funding:

 

funding

 

Projetos de Investigação Científica e Desenvolvimento Tecnológico em Todos os Domínios Científicos – 2020

Project Acronym: RESTLESS

Project Name: Ferramentas integradas para decifrar a génese e evolução espaçio-temporal de sequências sísmicas

IntegRatEd tools to decipher the genesis and Spatio-TemporaL Evolution of Seismic Sequences

Activity years: 2020-2023

Funding: Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P, na sua componente de Orçamento de Estado

Topic: Earth and Related Environmental Sciences - Geophysics

Budget: 249.991,25€

Reference: PTDC/CTA-GEF/6674/2020

Host Institution: Associação para a Investigação e Desenvolvimento de Ciências (FCiências.ID) - Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FC/ULisboa)

Partners: Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL); Instituto Português do Mar e da Atmosfera, I. P. (IPMA); Universidade da Beira Interior (UBI); Universidade do Algarve (UAlg); Instituto Dom Luíz (IDL/FC/ULisboa)

Researchers (ISEL):

Professora Doutora Maria da Graça M. Silveira

Ciência ID: 1116-1080-16F3

Description:

No projecto RESTLESS propomos a integração de observações multi-paramétricas da evolução espácio-temporal de: 1) actividade sísmica, 2) estrutura da Terra em profundidade, 3) fluídos crustais, e 4) sensibilidade a forçamentos externos, de forma a quantificar o estado de sistemas geologicamente activos. Estas observações serão integradas utilizando técnicas avançadas de análise de séries temporais e de modelação geodinâmica, bem como métodos de machine learning de forma exploratória. O nosso objectivo é identificar padrões que assinalem a evolução da criticalidade dos sistemas. Vamos focar-nos em regiões de estudo com sismicidade abundante, sistemas hidrotermais e vulcânicos activos, para os quais existem dados de elevada qualidade, nomeadamente o arquipélago dos Açores, o arquipélago das Canárias, e Monchique. Vamos ainda explorar dados de sismómetros colocados no fundo do mar (OBS) recolhidos ao largo da Ibéria.

O projecto RESTLESS terá impacto em duas vertentes: Do ponto de vista científico, irá contribuir para uma melhor compreensão da dinâmica da Terra sólida numa escala humana, em particular no que concerne à génese e evolução de sequências sísmicas. De uma perspectiva societal, vai capacitar o IPMA, a instituição responsável pela monitorização sísmica em Portugal, com ferramentas avançadas para a monitorização em tempo-real de sequências sísmicas, viabilizando estratégias adequadas de mitigação do risco sísmico.

 

In project RESTLESS, we propose to integrate cross-disciplinary high-resolution observations of the spatio-temporal evolution of: 1) seismic activity, 2) Earth structure at depth, 3) crustal fluids, and 4) sensitivity to external forcings, in order to quantify the state-of-activity of geologically active systems. We will integrate these observations using advanced time series techniques and geodynamic modelling, as well as exploring new machine learning methodologies. Our goal is to identify patterns that signal the evolving criticality of the systems. We will focus on study regions with abundant seismic activity, active hydrothermal or volcanic systems, and for which high-quality datasets are now available, namely: (1) the Azores islands (central Atlantic), (2) the Canary islands (eastern Atlantic), and (3) Monchique (southwest Iberia). We will also: (4) explore heritage ocean bottom seismometer (OBS) datasets collected offshore SW Iberia.

The impact of project RESTLESS will be twofold: From a scientific standpoint, project RESTLESS will contribute to a better understanding of the solid Earth dynamics on a human time-scale, particularly regarding the genesis and evolution of earthquake sequences. From a societal perspective, project RESTLESS will capacitate IPMA, the Portuguese agency responsible for seismic monitoring, with advanced tools for the real-time monitoring of earthquake sequences, allowing for improved short-term risk mitigation strategies.

+ info:

https://www.fct.pt/apoios/projectos/consulta/vglobal_projecto?idProjecto=164680&idElemConcurso=14386